Atualmente o Brasil conta com mais de 110 mil profissionais em atuação nas diferentes áreas

 

O Conselho Federal e os Conselhos Regionais de Medicina Veterinária (Sistema CFMV/CRMVs) destacam a diversidade da atuação desse profissional, e mostram que o trabalho desempenhado por eles é responsável por garantir a qualidade de vida de toda a população, dos animais e também do meio ambiente.

Os mais de 110 mil médicos veterinários em atuação no país se dedicam a mais de 80 áreas de atuação, como a consultoria ambiental, a saúde pública, a análise de alimentos, a reprodução animal e as pesquisas científicas. O trabalho desses profissionais é essencial para a segurança da fauna selvagem, para o desenvolvimento de vacinas e medicamentos e para a produção de alimentos, refletindo de forma direta na saúde humana.

“Quando você pensa em um bom prato de filé de peixe em cima de uma mesa, com todos os acompanhamentos, não sabe que para chegar nesse estágio não é fácil”, explica Carlos Roberto Moreira.

Como médico veterinário, Carlos Alberto Moreira desenvolve e implanta ações para garantir que o alimento chegue ao mercado com qualidade e próprio para consumo. “O médico veterinário é uma pessoa imprescindível no processo, pois toda vez que cultivamos animais em grandes quantidades, pode haver a ocorrência de doenças”, ressalta Moreira.

Inspeção de alimentos

Depois da produção do alimento, entra em cena o trabalho de inspeção e fiscalização, etapas importantes para a comercialização do produto final, em que o médico veterinário também está presente.

 “Nós controlamos todas as fases do processo produtivo. Se tiver algum problema, nós tomamos ações corretivas imediatas para que esse produto não seja comercializado”, explica a médica veterinária Marili Gramolini, que trabalha como consultora de análise de alimentos.

O trabalho do médico veterinário está presente na produção de diversos produtos de origem animal, como carne, ovos, peixe, leite, queijo e até mesmo o mel.

“O mel não sofre nenhum processo de industrialização. Ele chega ao consumidor quase como um produto in natura, por isso tem de sofrer um processo de inspeção muito rigoroso. É aí também está o médico veterinário”, explica o médico veterinário Walter Miguel, integrante da Comissão Nacional de Especialidades Emergentes do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CNEE/CFMV).

Saúde Única

Além de garantir a saúde animal e ambiental, o médico veterinário também é um importante agente no desenvolvimento de medicamentos e vacinas para uso humano. Neste trabalho desafiador, estão, por exemplo, pesquisas científicas que buscam tratamento para doenças como o câncer, a leishmaniose, a malária e a toxoplasmose.

O médico veterinário precisa zelar pelo bem-estar animal durante os procedimentos cirúrgicos, a anestesia e a eventual eutanásia dos animais usados em pesquisas científicas.

“A área de animais de laboratório é focada na biossegurança, na ética e no bem-estar animal. O médico veterinário também orienta outros profissionais que fazem pesquisas”, afirma o médico veterinário Carlos Alberto Muller, presidente da Comissão Nacional de Especialidades Emergentes do CFMV.

Todo animal é importante

É do médico veterinário a prerrogativa para cuidar da saúde dos animais de estimação, de produção, de pesquisas científicas e também dos selvagens -- uma atuação que essencial, devido à expansão urbana e ao tráfico de animais.

 “No ambiente urbano, o animal selvagem é sempre a vítima. Precisamos tirar o animal do ambiente indesejado e colocá-lo num local longe da população, onde ele tenha a possibilidade de sobreviver e possa fazer o papel dele no meio ambiente, que é reproduzir e manter a sua espécie viva”, afirma o médico veterinário Isaac Albuquerque, integrante da Comissão Nacional de Animais Selvagens do CFMV.

Além de prestar o atendimento clínico, os médicos veterinários atuam em conjunto com os órgãos fiscalizadores em ações de resgate de animais selvagens, para reintroduzi-los na natureza e amenizar o impacto global da ação humana sobre o meio ambiente.

“Quem vai equilibrar essa tríade de ser humano, ambiente e animais? É o médico veterinário. Cuidamos dos animais para que não contaminem o meio ambiente e assim o ser humano consiga viver bem”, ilustra Isaac.

Dia do médico veterinário

O Dia do Médico Veterinário é comemorado no Brasil em 9 de setembro. O país tem atualmente mais de 110 mil médicos veterinários em atuação. O Conselho Federal de Medicina Veterinária parabeniza todos os profissionais por essa data.

Os médicos veterinários são diretamente responsáveis pela saúde da população, dos animais e do meio ambiente. São eles que inspecionam e avaliam todos os alimentos de origem animal que chegam à mesa do consumidor, cuidam da saúde e bem-estar dos animais domésticos e selvagens, atuam na manutenção e melhoria da qualidade da saúde pública e ainda desenvolvem estudos e pesquisas científicas em busca de novos produtos, vacinas, tratamentos e erradicação de doenças.

 

Fonte: Assessoria de imprensa do CFMV