Um aniversário nos proporciona pensar no que fizemos no passado, o que estamos fazendo hoje, além de projetar o futuro, ano a ano o completar de ciclos. Da mesma forma a Faculdade de Agronomia e Veterinária da UnB – FAV, comemora este ano o completar de mais um ciclo de construção, desenvolvimento e muitos profissionais formados pelo Brasil. Em sessão solene na Câmara Legislativa do Distrito Federal, o presidente da Casa, Deputado Joe Vale recebeu a reitora da UnB, Márcia Abrahão, a Diretora da FAV, Médica Veterinária Simone Perecmanis e um estudante de Agronomia, Claudia dos Santos Neves e um de Medicina Veterinária, Brian Amorin Santana.

Também participaram do evento o presidente do CRMV-DF, Médico Veterinário, Laurício Monteiro da Cruz, vice-presidente do CREA-DF, Engenheiro agrônomo, Álvaro José Aguiar de Oliveira, o Secretário de Agricultura do Distrito Federal, Argileu Martins, o representante da EMATER-DF, Luís Carlos Brito.

Nos discursos dos representantes da Faculdade, muita emoção e entusiasmo representados em palavras de energia para a continuação do trabalho desenvolvido ao longo de todos estes anos. O estudante de Brian, justificou o entendimento dele, em relação a homenagem. “A homenagem a FAV não é ao prédio, mas a nós mesmos, alunos, professores, técnicos, servidores”. Já a aluna Cláudia, revelou o seu entusiasmo com a profissão escolhida: “Somos unidos pelo amor a terra e ao meio ambiente”. A Diretora da FAV, Simone Perecmanis fez um breve relato relembrando da história da faculdade, como surgiu o curso de Medicina Veterinária, e depois Gestão do Agronegócio. “O primeiro momento foi da Agronomia, ela mudou a cara da agronomia do Distrito Federal, e foi uma mudança positiva. Eu vejo isso quando vejo ex-alunos ocupando cargos e posições, não só de governo, mas também de empresas no Distrito Federal.” E completa ainda, “em um momento em que a faculdade procurava inovação foi quando surgiu a ideia da criação do curso de Medicina Veterinária”, “Foi com a Veterinária que o DF começou a monitorar o desenvolvimento de doenças infectocontagiosas”, explicou Simone Perecmanis.

O presidente do CRMV-DF destacou a importância dos profissionais formados na FAV que estão, não só, no DF, mas também em todo o país. Além disso, destacou a importância do Médico Veterinário no controle de doenças. “É o profissional fundamental para relação de humanos, animais e meio ambiente. Também é importante falar sobre a interdependência das saúdes, ou seja, saúde humana, animal e ambiental que nós chamamos de saúde única, definição usada pela Organização Mundial de Saúde.”

Nas palavras do Secretário de Agricultura do Distrito Federal, Argileu Martins contextualizou os dados mencionados por colegas da mesa, sobre a participação do agronegócio no PIB do País. “O setor agropecuário sempre participou do desenvolvimento do nosso país, basta ver os registros de nossa história.” O Secretário também destacou o papel das pesquisas no desenvolvimento do setor, que busca constantemente inovações e melhoria no uso de recursos.

Em discursos diversos, um ponto em comum, o papel de protagonista da FAV no cenário da Agricultura e Pecuária, não só do Distrito Federal, mas também a sua colaboração em pesquisa e na formação de excelentes profissionais que atuam no crescimento do país.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do CRMV-DF

FAV

Laurício

Presidente do CRMV-DF, Laurício Monteiro da Cruz

 

Simone

Diretora da Faculdade de Agronomia e Veterinária da UnB, Simone Perecmanis

 

Laurício e Simone

Laurício Monteiro da Cruz e Simone Perecmanis