CRMV-DF e IBAMA tratam em reunião sobre parceria ligadas ao trabalho permanente de

Orientação, fiscalização e de regulação em conjunto, com atuação de Câmaras Técnicas

Toda a sociedade tem a obrigação de promover o bem-estar animal, desta forma o presidente do CRMV-DF, Laurício Monteiro Cruz recebeu em sua sede, na manhã desta quarta-feira (30/jan) o Coordenador de Operações de Fiscalização do IBAMA, Roberto Cabral Borges e a Analista Ambiental do mesmo órgão, Raquel Barreto, para discutir ações conjuntas entre as entidades.

O presidente do CRMV-DF junto ao Vice-presidente, Saulo Borges Lustosa e o Secretário-Geral Roberto Gomes Carneiro relataram a importância das unidade entre as entidades. “A ideia é que este trabalho não seja pontual, mas sim, permanente de orientação, fiscalização e de regulamentação em conjunto,”, afirmou Laurício.

reunião CRMV IBAMA

Foto: Wellington Oliveira

O CRMV-DF irá reunir suas Câmaras Técnicas, como a de Bem-Estar Animal e a de Animais Silvestres e Selvagens para participar do planejamento de ações. Já o IBAMA irá dialogar com outras entidades, do Distrito Federal, para que, em uma próxima reunião já possa ser apontada ações concretas para o início do trabalho junto aos estabelecimentos comerciais e aos médicos veterinários e zootecnistas.

Em entrevista, Roberto Borges relata que o sistema CFMV/CRMVs editou a resolução 1.069/2014 que regulamenta a forma que os animais, passiveis de comercialização, deveriam ser expostos. Para ele, a fiscalização conjunta entre os órgãos responsáveis possa fazer os estabelecimentos cumprir a legislação. Segundo Roberto, a ideia é tornar o Distrito Federal um piloto para depois expandir o modelo de trabalho a outros estados.

Hoje o IBAMA, atende uma ampla rede de denúncias formais de maus tratos, como agressão, exposição em local inadequado, limitação ou até privação de acesso de água e comida, entre outros. Mas o trabalho do Instituto vai além com ações proativas de verificação do estado de saúde dos animais nos mais variados estabelecimentos e também checando situações veiculadas em mídias digitais da internet.

O objetivo desse plano é o de esclarecimento para adequação da resolução 1.069/2014 e trazer todos os envolvidos para a conformidade ambiental e com isso melhorar a vida de centena de milhares de animais que são expostos para a venda ou doação no âmbito do Distrito Federal.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do CRMV-DF

30 de janeiro de 2019