A Comissão Nacional de Tecnologia e Higiene Alimentar, do Conselho Federal de Medicina Veterinária (Contha/CFMV) está empenhada em trabalhar de forma articulada com as comissões dos Conselhos Regionais (CRMVs) e, por isso, nesta quinta-feira (2/5), reuniu-se com representantes de 17 estados para definir uma agenda de trabalho comum que permita uma atuação padronizada do Sistema CFMV/CRMVs. O encontro ocorreu durante o 15º Congresso Brasileiro de Higienistas de Alimentos, em Maceió (AL).

“Nosso objetivo é uniformizar e alinhar o trabalho de todas as comissões regionais com as estratégias da Comissão Nacional, fortalecendo as ações na área de alimentos”, disse o presidente da Contha, José Maria dos Santos Filho.

Os especialistas definiram estratégias para sugerir treinamentos voltados aos responsáveis técnicos (RTs); estabeleceram ações para propor aumento da carga horária de inspeção de alimentos na formação universitária dos médicos-veterinários; e pensaram em possibilidades de parcerias com os serviços de inspeção federal, estadual e municipal para mapear os RTs da área de alimentos, visando facilitar as ações de fiscalização do exercício profissional dos CRMVs.

 

Nacional

A reunião da Contha, no entanto, teve início ontem. No primeiro dia, seus membros apresentaram ao presidente do CFMV, Francisco Cavalcanti, o balanço dos trabalhos do ano passado uma proposta para mapear os programas reconhecidos no Brasil que trabalham no combate à comercialização de alimentos clandestinos.

“Queremos apoiar os projetos públicos com eficiência comprovada para informar à sociedade e minimizar o consumo de alimentos sem procedência tão prejudiciais à saúde da população”, garantiu Santos Filho.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do CFMV