O Conselho Regional de Medicina Veterinária do Distrito Federal (CRMV-DF) tomou conhecimento de um possível caso de exercício ilegal da profissão, ocorrido no dia 19 de junho, em Arniqueiras e se colocou à disposição da Polícia Civil, que investiga o caso, no que estiver sob a alçada técnica desta Autarquia.

O exercício ilegal de qualquer profissão é crime e como tal é investigado pelos órgãos responsáveis, no caso a Polícia Civil. No entanto o CRMV-DF é órgão de consulta em todos os assuntos relativos à profissão de médico-veterinário ou ligados, direta ou indiretamente, à produção ou à indústria animal, sob a jurisdição do Distrito Federal (Artigo 9º da Lei 5.517/1968). Ressaltamos, ainda, que as atividades de clínica médica e/ou cirúrgica, bem como a assistência técnica e sanitária aos animais são de competência privativa do médico veterinário (Art. 5º da Lei 5.517/1968)

O Sistema Conselho Federal de Medicina Veterinária e Conselhos Regionais de Medicina Veterinária têm por finalidade, além da fiscalização do exercício profissional, orientar, supervisionar e disciplinar as atividades relativas à profissão de médico-veterinário e do zootecnista em todo o território nacional.

Neste sentido, reafirmamos nosso compromisso na preservação da qualidade dos serviços médico-veterinários oferecidos à Sociedade, mantendo, assim, as portas abertas ao diálogo e/ou denúncias e, consequentemente, desencadeando as ações pertinentes e cabíveis à esta autarquia.

Assessoria de Comunicação Social

Conselho Regional de Medicina Veterinária do Distrito Federal