Além do curso on-line, população terá acesso a textos elaborados por especialistas sobre cuidados com cães e gatos

Ter em casa animais de estimação é uma grande responsabilidade. Para ajudar tutores a cuidar dos pets de forma adequada, o Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV-DF) e o Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA) criaram o curso online “Guarda responsável”. As instituições são parceiras do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) e participam dos trabalhos desenvolvidos pelo projeto "Vira Amigo". A iniciativa foi lançada em 2019 com uma campanha para estimular a adoção e os cuidados com os animais.

A atividade é gratuita e as inscrições podem ser feitas clicando aqui. Além do curso, as redes sociais das instituições parceiras publicarão conteúdo educativo sobre os conceitos relacionados à guarda responsável de animais domésticos, em especial cães e gatos. O material oferece informações sobre controle reprodutivo, vínculos afetivos e emergências e adversidades, além de cuidados em geral.

Responsabilidade

Por meio da guarda responsável, é possível preservar a saúde de humanos e pets, além de reduzir impactos ao meio ambiente. A promotora de Justiça de defesa do Meio Ambiente Luciana Bertini explica que um dos principais objetivos da iniciativa é evitar situações de abandono e maus-tratos. “A adoção deve ser entendida como uma responsabilidade permanente, por isso o curso é útil para todos que já têm ou desejam ter animais de estimação”, afirmou.

No curso, a promotora de Justiça trata do papel do Ministério Público na proteção dos animais. “Importante que todos saibam que maltratar e ferir animais domésticos, silvestres ou exóticos é crime. Podem configurar atos de abuso ou maus-tratos aos animais condutas como bater, machucar, não oferecer água e alimento, abandonar ou deixar de fornecer cuidados para seu bem-estar e sobrevivência. Sempre que houver suspeita de maus-tratos, deve-se buscar uma delegacia, o Ministério Público ou o batalhão da Polícia Militar Ambiental para denunciar”, esclarece Luciana Bertini.

Segundo o presidente da Câmara Técnica de Ética, Bioética e Bem-Estar Animal do CRMV-DF, o médico veterinário Jorge Caetano Júnior, o curso tem como público-alvo tutores, protetores, estudantes e profissionais envolvidos na cadeia de serviços para animais de estimação. “Os médicos veterinários e zootecnistas terão a oportunidade de conhecer ou aprimorar as práticas que compreendem a guarda de animais de estimação. Os participantes também poderão reconhecer a importância da guarda responsável para evitar a ocorrência de zoonoses e outros agravos à saúde pública, como acidentes rodoviários e mordeduras”.

Vira amigo

O nome da campanha é um trocadilho com a ausência de raça definida na maioria dos animais que aguardam adoção. Clique aqui para acessar a cartilha “Adoção responsável de cães e gatos – cuidados e informações”. Mais informações sobre adoção também estão disponíveis em www.mpdft.mp.br/site/defesanimal.

Fonte: Assessoria de Imprensa do MPDFT