Notícias

O CRMV-DF tem recebido diversos materiais de divulgação relacionados a “Mutirões de castrações”. Nossa entidade respeita e exalta tais iniciativas, ou seja, não é contra a realização destas ações. Pelo contrário, sabendo da importância destes eventos, editou a Resolução nº 15/2010 que estabelece regras para que os mutirões realizados no Distrito Federal possam oferecer segurança e bem-estar aos animais submetidos aos procedimentos cirúrgicos, desde a sua admissão até a alta do paciente.

Basicamente, a referida resolução estabelece a necessidade de um Médico-Veterinário para ser o Responsável Técnico pelo evento e que este profissional deva homologar, junto ao CRMV-DF, um projeto com toda a descrição de procedimentos do Mutirão, no prazo de 60 dias antes de sua realização. O CRMV-DF também dispõe de um assessor técnico, que pode esclarecer qualquer dúvida, em torno do assunto. No âmbito federal é a Resolução 962/2010 que regula os mutirões. Todo este regramento foi construído pensando na GARANTIA DO BEM-ESTAR ANIMAL e do exercício ÉTICO PROFISSIONAL.

O CRMV-DF reitera que se dispõe a esclarecer a sociedade, qualquer dúvida sobre “Mutirões de Castração”, para que eles sejam executados sem infringir o código de ética do Médico-Veterinário ou do Zootecnista e consequentemente, garantir a integridade dos animais e o pleno exercício profissional.

Por fim, o CRMV-DF esclarece ainda que o profissional Médico-Veterinário que promover e realizar procedimentos de contracepção de cães e gatos em programas de educação em saúde, guarda responsável e esterilização cirúrgica com a finalidade de controle populacional, sem a devida homologação pelo plenário do CRMV-DF, ou que venha a infringir as prerrogativas legais de sua atuação profissional descritas na Lei No 5.517/1968 , poderá ser enquadrado na resolução nº 1138/2016, que aprova o código de ética do Médico-Veterinário. Assim como Zootecnista que venha a infringir o que está estabelecido na Lei No 5.550/1968, poderá também ser enquadrado no seu código de ética, o qual está regulamentado pela resolução no 1167/2019. Ambas as resoluções descrevem as penalidades a serem imputadas aos profissionais que venham a atuar de maneira antiética.

Assessoria de Comunicação Social do CRMV-DF

 

Nivelar informações e promover a motivação e a coesão corporativa foram os principais objetivos do Seminário Institucional 2019,da Emater-DF, realizado na última terça-feira (10/dez), no Instituto Sezerdello Corrêa. Mais de 300 funcionários da Emater-DF participaram do evento, que contou também com a premiação de empregados e equipes destaques de 2019.

O evento também contou com momento de premiação de equipes e empregados destaques, das áreas meio e fim, e homenagens de extensionistas para extensionistas.

Entre as premiações, a zootecnia ganha espaço na Emater-DF e na extensão rural com a entrega do prêmio destaque individual para o Zootecnista, Aecio Wanderley Silva Prado. Na categoria equipe, o Zootecnista Maximiliano Tadeu Memoria Cardoso, conduziu um estudo de caso intitulado "Terminação de Bovinos de Corte em Sistema de Semiconfinamento com o Uso de Integração Lavoura-Pecuária". “Nós fizemos um trabalho multidisciplinar com a cooperação de vários colegas de múltiplas profissões, com o objetivo de otimizar o potencial forrageiro das propriedades produtoras de grãos com a integração da pecuária de corte na entressafra e obter viabilidade financeira da produção de carne em sistema de semiconfinamento em integração lavourapecuária”, explicou Maximiliano.

premiação2 premiação1

No final do evento, a presidente da Emater-DF, Denise Andrade, disse que acredita que é importante maximizar sentimento de pertencimento junto aos empregados. “A gestão da empresa valoriza vocês. Queremos implantar um programa de qualidade de vida na Emater. Se nossa raiz for forte, nossa árvore dará muitas e flores e frutos como os que colhemos este ano”, disse no encerramento do seminário

Fonte: Emater-DF com informações do CRMV-DF

Com o compromisso “Inovação e Transparência”, a atual gestão do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) vem investindo em tecnologia da informação desde que assumiu a autarquia e agora lança a versão web do Sistema de Cadastro de Profissionais e Empresas (Siscad Web) totalmente adaptado e acessível para dispositivos móveis, como smartphones e tablets, e com a funcionalidade de Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) integrada. Veja os vídeos demonstrativos clicando aqui.

Além de correções de infraestrutura e melhorias de rotinas de segurança, a solução web permite que médicos-veterinários, zootecnistas, empresas e sociedade acessem os serviços digitais do Sistema CFMV/CRMVs pelo celular, contando com a facilidade do aplicativo (app) disponível para download nas lojas oficiais da Google Play (Android) e da App Store (iOS).

“Desenvolvemos uma solução digital de gestão integrada, com elevados requisitos de segurança, integridade, inviolabilidade e confiabilidade, que facilite a identificação e o atendimento aos profissionais, visando fortalecer a imagem institucional e o posicionamento do CFMV perante a sociedade”, afirma o presidente do CFMV, Francisco Cavalcanti.

Com navegação intuitiva e simplificada, o aplicativo possui duas áreas de acesso. A de utilidade pública está disponível para toda a sociedade e permite consultar os médicos-veterinários e os zootecnistas inscritos no Sistema CFMV/CRMVs, bem como as empresas registradas e o responsável técnico. Ainda possibilita emitir e validar certidão, pesquisar legislações relacionadas às profissões, e acessar as redes sociais do Conselho Federal.

 

Profissionais e empresas

Junto com o aplicativo, a área restrita aos profissionais e empresas ganha duas funcionalidades: a inclusão de geolocalização e a opção de gerar e imprimir boletos. No espaço privado, o profissional ainda visualiza e atualiza as informações de cadastro, de formação e de área atuação. Também verifica suas inscrições primária e secundárias, as pendências financeiras e emite certidão negativa.

“Os profissionais agora têm nas mãos uma ferramenta ágil para atualizar constantemente seus dados e acessar serviços apenas usando um smartphone”, diz o presidente.

O ambiente reservado está disponível para profissionais e empresas cadastrados nos CRMVs, com exceção de Minas Gerais, que usa aplicação própria e não está integrada ao sistema do Conselho Federal.

Nova ART

A versão mobile também chega para agilizar processos de Anotação de Responsabilidade Técnica (ART). Com o aplicativo, o profissional tem condições de gerenciar suas ARTs pelo celular, verificar validade, emitir ficha e boleto. É possível também iniciar uma nova ART, que será avaliada pelo CRMV, preenchendo os dados e seguindo o passo a passo até aceitar os termos da Resolução nº 1.228/2018.

Cada ficha de ART terá um código QR Code com criptografia imune à fraude. “Essa codificação vai simplificar a fiscalização dos estabelecimentos, permitindo que qualquer cidadão com um celular na mão verifique se a ART está homologada e a autenticidade dos dados do responsável técnico”, assegura o diretor de Tecnologia da Informação, Marcos Paulo Del Fiaco.

Fonte: Assessoria de Comunicação do CFMV

É com grande satisfação que a Secretaria de Aquicultura e Pesca (SAP/MAPA) realiza o I Workshop Nacional de Ordenamento da Aquicultura Ornamental, em parceria com o SEBRAE Nacional.

O evento acontecerá em Brasília, nos dias 11 e 12 de dezembro. A ideia é debater as principais dificuldades e perspectivas para a aquicultura ornamental. O objetivo é promover o ordenamento da cadeia produtiva dos organismos aquáticos ornamentais no Brasil.

Será transmitido ao vivo pelo SEBRAE, com link de transmissão disponibilizado nos sites do MAPA e do SEBRAE.

Transmissão:

11/12: https://youtu.be/FJqNvxEuTOw

12/12: https://youtu.be/5vl1VgjL0qY

 

Fonte: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Médicos-Veterinários, fiquem atentos. O Código de Ética (Resolução nº 1138/2016) não permite que sejam veiculados em meios de comunicação de massa, tais como, Rádio, TV, Jornais, Revista e Internet, promoção de serviços médicos-veterinários. Evite transtornos. Se ainda ficar em dúvida, consulte nossa assessoria técnica pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo telefone 3223-5802.

Veja a transcrição dos artigos 14 e 15:

Art. 14. É vedado ao médico veterinário veicular em meios de comunicação

de massa e em redes sociais os preços e as formas de pagamento de seus serviços.

Manual de Legislação do Sistema CFMV/CRMVs

Art. 15. É vedado ao médico veterinário divulgar os seus serviços como

gratuitos ou com valores promocionais.