Donos de pets entenderão melhor as necessidades de seus animais e a sua relação com o meio ambiente

Cuidar bem dos animais e do meio ambiente é um dever de todos, e para tanto é necessária informação qualificada. Pensando nisso, em uma das reuniões da Câmara Técnica de Bioética e Bem-Estara animal do CRMV-DF surgiu a iniciativa de criar o curso para Guarda Responsável, que se encontra disponível no site www.crmvdf.org.br/guarda-responsavel desde a primeira quinzena de dezembro de 2020, totalmente on-line e com emissão de certificado de conclusão.

O curso foi idealizado para orientar tutores sobre como suprir as necessidades dos animais de estimação. A presidente da Câmara Técnica, méd. vet. Liziè Pereira Buss explica como foi pensado o direcionamento do curso. “Nós entendemos que o papel que nós devemos desempenhar é levar informação de qualidade para tutores e também lembrar aos colegas [méd. vet.] a responsabilidade deles nessa situação”. Ela explica que muitas das vezes o tutor não tem conhecimento suficiente sobre as necessidades que os animais têm para se manterem sadios. Mas a situação vai além dos cuidados com o bem-estar dos animais e alcança possíveis impactos sobre a fauna, quando animais são abandonados próximo a matas e florestas.

Liziè pede aos colegas profissionais que assumam sua responsabilidade sobre o assunto, independente da área que atue. “Eu entendo que os profissionais, tanto o médico-veterinário quanto o zootecnista, independentemente de onde ele trabalhe, ele vai chegar ao produtor, fazer uma assistência e lá, muitas vezes haverá um cão ou gato. E ele pode levar informação ao tutor para evitar reprodução descontrolada, por exemplo. Nós temos milhares de animais que sofrem e que fazem um impacto significativo na fauna silvestre. Nós temos que assumir a nossa responsabilidade”.

A iniciativa ganhou um parceiro, o Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura – IICA, que se deu pelo fato de Liziè já ter produzido cursos pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA, onde trabalha. “Eu apresentei a ideia ao grupo, que além de aceitarem, ofereceram-se para elaborar as aulas. O IICA ofereceu seu pessoal para dar suporte à gravação e edição de vídeos. ”

WhatsApp Image 2021 02 22 at 12.45.38 1

Médico Veterinário Luís Olívio gravando vídeo para o curso

 

Outro parceiro, foi Ministério Público do Distrito Federal e Territórios – MPDFT, que entrou com auxílio na divulgação do material, uma vez que eles também têm um projeto de sensibilização sobre o tema, chamado Vira-Amigo.

Até o final de dezembro de 2020, em menos de um mês no ar foram 192 inscritos. O curso é composto por 34 vídeos que variam de um a três minutos cada, além de oferecer material de apoio em PDF. Ele é iniciado com a definição do que é guarda-responsável, em seguida explica o seu contexto na Saúde Única e em seguida traz informações sobre nutrição, saúde, comportamento, ambiente, controle reprodutivo, violência contra animais e a questão do abandono. “É um curso bem completo, no que se refere a vários conteúdos. Tivemos a preocupação de fazê-lo bem objetivo e conciso para que as pessoas completem”. Esclarece Liziè.

Assessoria de Comunicação Social  do CRMV-DF

22 de fevereiro de 2021